Cirurgia 2017

Cirurgias seguras com os melhores médicos

Ortodontia: O que é?

A ortodontia é uma especialidade da odontologia que utiliza aparelhos ortodônticos para corrigir a posição dos maxilares e das arcadas dentárias. Confira neste conteúdo quais as principais informações sobre este tipo de serviço odontológico. 

O objetivo da ortodontia é corrigir o alinhamento defeituoso dos dentes e a deformação dos ossos nos quais estão inseridos, que levam a uma posição disfuncional que afeta a mordida. Uma vez alcançada a posição correta, obtêm-se resultados que vão desde a estética que proporciona um sorriso perfeito até a oclusão correta e uma mordida eficaz.

Ortodontia
Ortodontia: O que é? 5

Essa técnica evoluiu muito e nos permite oferecer correções dentárias rápidas com aparelhos praticamente invisíveis. A ortodontia em adultos permite recuperar uma magnífica imagem dentária, de forma fácil, rápida e acessível.

Contents

Como funciona a ortodontia?

A forma como a ortodontia funciona é movendo os dentes para trás ou para baixo até que os dentes desalinhados sejam posicionados de forma que fiquem paralelos aos demais dentes. 

O deslocamento ocorre graças à força do fio que exerce pressão sobre os dentes e que o ortodontista ajusta em cada sessão. Nos casos em que não há espaço para o qual os dentes teriam que se mover, é realizada a extração dos pré-molares para disponibilizar o espaço para prosseguir com o tratamento. 

Este procedimento de alinhamento dos dentes é composto por sete fases na ortodontia:

1 –  Estudo: esta etapa é denominada passiva, pois consiste na avaliação prévia à colocação da ortodontia. Nela são feitas radiografias e fotografias extra e intrabucais, assim como a impressão da boca do paciente para que o ortodontista a tenha.

2 – Alinhamento: aqui começa a fase ativa. Resolve aglomeração, mordida cruzada e danos verticais. A força usada é leve.

3 – Correção: os elásticos são incorporados se forem necessários para corrigir a oclusão com eles. Os dentes começam a tomar a posição correta.

4 – Fechamento de espaços: quando os dentes estão alinhados, os espaços entre eles começam a se fechar, para que o sorriso adquira uma aparência homogênea.

5 – Acabamento: todos os dentes já estão em sua posição final e tanto a aparência quanto a funcionalidade do aparelho ortodôntico encerram sua jornada. Pequenos ajustes são feitos para finalizar o aperfeiçoamento.

6 – Retirada: Quando o objetivo é finalmente alcançado, o aparelho é retirado.

7 – Retenção: A remoção dos aparelhos não é o fim do processo. O corpo tem memória e os dentes também, por isso tentarão voltar à posição original. Para evitar isso, os retentores dentais são colocados. Estes podem ser fixos ou removíveis e são a única garantia de que o tratamento alcance e mantenha o resultado alcançado.

Depositphotos 89329724 S
Ortodontia: O que é? 6

Duração da ortodontia

Como em qualquer tratamento em que a biologia faz parte do processo, os tempos podem variar. No entanto, em geral, o tratamento pode durar em média um ano e meio. 

Alguns deles não ultrapassam nem doze meses, mas para isso  os casos devem ser muito simples e o paciente também deve ajudar seguindo todas as instruções de higiene recomendadas pelo profissional, pois assim serão evitados os problemas derivados do uso da ortodontia.

No entanto, há casos em que pode ser necessário o uso de aparelhos ortodônticos por mais de quatro anos, dependendo do grau de dificuldade de alinhamento dos dentes. 

O que acontece quando coloca aparelho nos dentes?

Depositphotos 31884479 S
Ortodontia: O que é? 7

O uso de um aparelho ortodôntico requer a máxima colaboração por parte do paciente para alcançar os resultados desejados. Portanto, quando você usa aparelho, deve saber:

  • Que seus dentes estarão um pouco sensíveis nos primeiros três dias;
  • Que você deve evitar comer coisas muito duras ou muito pegajosas durante todo o tratamento;
  • A higiene bucal deve ser primorosa, para evitar problemas periodontais e/ou cáries durante o tratamento;
  • Não se deve arrancar o aparelho sozinho, a fim de evitar acidentes ou que a cola fique manche os dentes, entre outros. 

O que é preciso saber sobre ortodontia?

Agora que sabe o que é e como funciona a ortodontia, confira o que é preciso saber antes de colocar o aparelho:

Ortodontia infantil

É aconselhável que o primeiro check-up no ortodontista seja realizado aos 6 anos de idade. Geralmente nessas idades nenhum tratamento é necessário, mas às vezes é possível detectar problemas com o desenvolvimento dos ossos maxilares, que requerem tratamento precoce. 

Se esses problemas forem prolongados ao longo do tempo, o caso será substancialmente complicado.

Até aproximadamente 12-13 anos de idade, quando o paciente está crescendo, é possível orientar os ossos para uma posição correta. Após o pico de crescimento do paciente, o tratamento só pode ser focado na movimentação dos dentes. Por isso é tão importante fazer um check-up anual no ortodontista enquanto a criança está crescendo.

Alguns sinais que avisam os pais se seus filhos precisam de tratamento ortodôntico são:

  • Perda precoce ou tardia dos dentes de leite;
  • Dentes mal posicionados, salientes ou apinhados;
  • dificuldades de fala;
  • Mandíbula muito saliente;
  • Dificuldade em morder ou engolir;
  • Respirar pela boca;
  • chupar o dedo ou chupetas. 

Ortodontia na Adolescência

A partir dos 12 anos, o apinhamento dentário e os problemas ortopédicos dos maxilares são corrigidos. À medida que os adolescentes crescem, esta fase é ideal para corrigir problemas ortodônticos e alcançar excelentes resultados.

A maioria dos problemas ortodônticos são os seguintes:

  • Dentes apinhados
  • Espaço entre os dentes
  • Dentes salientes
  • Dentes faltando
  • Problema de desenvolvimento da mandíbula.
  • Além disso, dificuldades na mordida podem causar desgaste dos dentes, dificuldade para engolir ou criar pressão nos ossos da face. 

A ortodontia não só ajudará a endireitar os dentes, conseguindo uma aparência mais atraente, mas também contribuirá para melhorar a saúde oral.

Ortodontia em adultos

A partir dos 17 anos, o mais importante é a prevenção para tentar preservar os dentes ao longo da vida. Nesta idade são corrigidos:

  • Problemas estéticos
  • Espaços entre os dentes
  • Perda de dente
  • Espaços de implante
  • Ruídos na mandíbula ou dor ao abrir e fechar a boca.

Em geral, quando observar quaisquer dos sintomas observados acima é sinal de que precisa ir a uma consulta com um odontologista para avaliação, pois será prescrito um raio-x para avaliar o posicionamento dos dentes e como se deve prosseguir com o tratamento. 

Depositphotos 56597979 S
Closeup young woman at dentist clinic office. Male doctor and assistant performing extraction procedure with forceps removing patient tooth. Healthcare dentistry medicine concept

Manutenção do aparelho 

Durante a manutenção será realizado os ajustes no aparelho, troca de borrachas, limpeza, entre outros cuidados necessários. 

A manutenção do aparelho deve ser feita a cada 30 dias ou de acordo com as recomendações do dentista em seu caso. É importante não ultrapassar o prazo, a fim de evitar prejuízos no tratamento. 

Além disso, se ficar muito tempo sem realizar a manutenção pode ser necessário realizar o tratamento do zero novamente.

Ortodontia: O que é?
Rolar para o topo